Português para o Vestibular Tudo sobre a matéria de língua portuguesa que cai no vestibular e no Enem.

Prouni: Sua bolsa Chegou a hora de entrar na Faculdade com bolsa integral! Está ao seu alcance!

Diploma do Ensino Médio Confira o que fazer para conseguir seu diploma através do Enem. Veja.

O que cai no Enem 2012 Confira todas as matérias que caem na prova do Enem.

Baixar Provas Anteriores 
Baixe as provas
anteriores do Enem para
treinar e se dar bem.

Quero Entrar
na faculdade!

Quer entrar na faculdade?
Veja como conseguir através do ENEM.

Enem Faculdades Públicas
O Sisu seleciona candidatos para faculdades federais. Veja como conseguir.

O seu resultado do Prouni
Como foi o seu Resultado?
Foi Bem? Ou precisa Melhorar?
Veja como   



Tipos de Discurso: direto indireto e indireto livre - Vozes do Discurso.

Vozes do discurso.



Ao lermos um texto, observamos que há um narrador, que é quem conta o fato. Esse locutor ou narrador pode introduzir outras vozes no texto para auxiliar a narrativa.

Para fazer a introdução dessas outras vozes no texto, a voz principal ou privilegiada, o narrador, usa o que chamamos de discurso. O que vem a ser discurso dentro do texto? Discurso é a forma como as falas são inseridas na narrativa.

O discurso pode ser classificado em: direto, indireto e indireto livre.

Discurso direto: reproduz fiel e literalmente algo dito por alguém. Um bom exemplo de discurso direto são as citações ou transcrições exatas da declaração de alguém.

- Primeira pessoa (eu, nós) – é o narrador quem fala, usando aspas ou travessões para demarcar que está reproduzindo a fala de outra pessoa.

Exemplo de discurso direto: “Não gosto disso” – disse a menina em tom zangado.

Discurso indireto: o narrador, usando suas próprias palavras, conta o que foi dito por outra pessoa. Temos então uma mistura de vozes, pois as falas dos personagens passam pela elaboração da fala do narrador.

- Terceira pessoa - ele(s), ela(s) – O narrador só usa sua própria voz, o que foi dito pela personagem passa pela elaboração do narrador. Não há uma pontuação específica que marque o discurso indireto.

Exemplo de discurso indireto: A menina disse em tom zangado, que não gostava daquilo.

Discurso indireto livre: É um discurso misto onde há uma maior liberdade, o narrador insere a fala do personagem de forma sutil, sem fazer uso das marcas do discurso direto. É necessário que se tenha atenção para não confundir a fala do narrador com a fala do personagem, pois esta surge de repente em meio a fala do narrador.

Exemplo de discurso indireto livre: A menina perambulava pela sala irritada e zangada. Eu não gosto disso! E parecia que ninguém a ouvia.

Tempo Verbal:
O tempo verbal também é fator determinante dos discursos. O discurso indireto estará sempre no passado em relação ao discurso direto.

Discurso direto - tempos verbais
Presente do indicativo: “Não gosto disso” – diz a menina em tom zangado.
Pretérito perfeito do indicativo: “Não gostei disso” – disse a menina em tom zangado.
Futuro do indicativo: “Não gostarei disso” – disse a menina em tom zangado.
Imperativo: - Vista o agasalho, meu filho.

Discurso Indireto – tempos verbais
Pretérito imperfeito do indicativo: A menina afirmou que estava zangada.
Pretérito-mais-que-perfeito do indicativo: A menina afirmou que estivera zangada (composto – A menina afirmou que tinha estado zangada)
Futuro do pretérito : A menina disse que estaria zangada.
Pretérito imperfeito do subjuntivo: A mãe recomendou-lhe que vestisse o agasalho.

Essa é  a  base  dos Tipos de Discurso existentes  em um texto.

Para saber mais sobre verbos visite: Verbos: definicao, classificacao, flexão, modo, tempo, forma nominal, imperativo/subjuntivo.

__________________________________________________
O artigo foi útil? Deixe um comentário, uma sugestão ou contribua nos enviando atividades para serem compatilhadas  com  os  colegas  por  aquis - As  atividades podem ser enviadas para o  e-mail  simplesmenteportugues@gmail.com  ;)

15 Comentários:

Giuseppe Bitencourt disse...

Adorei o blog, estou estudando para o concurso do IRBR para diplomata, e tenho um deficiência muito grande com o português, criei um blog para ver se consigo criar um habito de escrever, mas ver o que vai dar.
http://importpost.blogspot.com/

Fábio Schlickmann disse...

Parabéns pelo seu blog, é realmente muito bom!

Um abraço
Fábio Schlickmann

Anônimo disse...

adorei e aprendi muitoooooooooo

Anônimo disse...

muito bom

Anônimo disse...

o seu blog é bom mais nao tem o que eu procuro.

parabens pelo blog

xau

Anônimo disse...

adorei consegue tirar as minhas duvidas!!!

biah disse...

gosteiii d+...

beatriz disse...

muito bom...adoreiii...

Anônimo disse...

q blog !

Vitinhoo disse...

mt mt mt mt mt bomm; UU.UU d+ gostti;

Anônimo disse...

seeeeu blog e gstosoooo mais tentei procurar o qe eu precisava e nein acheeei infelismentt....

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu Blog, ja não estava entendendo nada, agora é que não estou mesmo. (:

Anônimo disse...

adorei o blog!! PARABENSS!!!

Anônimo disse...

nao entendi nada

Anônimo disse...

adorei o seu blog eu tenho so 12 mas tenho prova de portugues sobre discurso e isso me ajudou bostante

Postar um comentário

Nem todo o material contido neste espaço foi produzido pela equipe do Blog. Grande parte do que está exposto aqui foi encontrado na internet, e está disponível a todos que têm acesso à web, dificultando assim a conferência da autoria.

O que fazemos é coletar e organizar material que já está publicado e público na web.

Caso você tenha conhecimento e comprovação sobre a autoria de algum material, nos comunique pelo e-mail simplesmenteportugues@gmail.com, para que possamos colocar a devida autoria. Não levaremos em consideração comentários anônimos.

- Deixe sua dúvida, sugestão ou colaboração.

- O espaço ainda está em construção, por isso, qualquer sugestão de melhoria ou correção é muito bem-vinda.

- Caso deseje ver suas atividades publicadas aqui, pode enviá-las para o e-mail: simplesmenteportugues@gmail.com

Blog Widget by LinkWithin

Referências bibliográficas:

Projeto Araribá: português/ obra coletiva concebida e produzida pela Editora Moderna; editora responsável Áurea Regina Kanashiro. – 1.ed – São Paulo: Moderna, 2006.Obra em 4 v. para alunos da 5ª a 8ª séries.
___________________________________
TERRA, Ernani - Português de olho no mundo do trabalho: volume único/ Ernani Terra, José De Nicola - São paulo - Scipione, 2004 - ( Coleção de olho no mundo do trabalho).

Blogagens

Meus amigos no diHITT

Comunicado sobre os créditos e autoria:

Nem todo o material contido neste espaço foi produzido pela equipe do Blog. Grande parte do que está exposto aqui foi encontrado na internet, e está disponível a todos que têm acesso à web, dificultando assim a conferência da autoria. O que fazemos é coletar e organizar material que já está publicado e público na web. Caso você tenha conhecimento e comprovação sobre a autoria de algum material, nos comunique pelo e-mail simplesmenteportugues@gmail.com, para que possamos colocar a devida autoria ou retirar do ar, se este for o desejo do autor.

Programas úteis. Baixe aqui!

Para ler a maioria dos editais e o Diário Oficial, é necessário ter o programa Adobe Reader instalado (programa leitor dearquivos em PDF), que é o formato em que estão vários documentos. Caso queira baixar o Adobe, que é um programa gratuito, pegue AQUI.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br