Gramática - Português - Morfologia - Processo de Formação de Palavras.

Em língua portuguesa as palavras se formam de acordo com os seguintes Processos de Formação de Palavras:

Formação por Derivação - que pode ser Prefixal, Sufixal ou Prefixal e Sufixal.

Derivação Prefixal, coloca-se um prefixo a uma palavra primitiva.
Exemplo: escrever - reescrever

Derivação Sufixal, junta-se um sufixo a uma palavra primitiva.
Exemplo: clara, claramente.

Derivação Prefixal e Sufixal, junta-se um sufixo e um afixo a uma palavra primitiva e mesmo ao se retirar o sufixo ou o prefixo, continuará a ter significado.
Exemplo: distinta ; indistintamente, distintamente, indistinta.

Derivação Parassintética: Acrescenta-se um sufixo e um afixo a uma palavra primitiva, mas ao se retirar o sufixo ou o prefixo, a plavra perderá o significado, não existirá na língua. Portanto é necessária a colocação dos sufixo e prefixo ao mesmo tempo.
Exemplo: verde; esverdear - esverde (não existe), verdear (não existe).

Derivação Regressiva: Quando se tira o final da palavra e resulta outra palavra.
Exemplo: escovar, escova.

Derivação Imprópria: mudança da classe gramatical primitiva de uma palavra.
Exemplo: creme é um substantivo, mas se usar dentro do contexto -
A blusa que comprei é creme.- a plavra creme exerce a função de um adjetivo, dando a característica, a cor da blusa.

Formação por Composição, junta dois ou mais radicais para compor uma nova palavra. Temos quatro tipos de formação por composição:

Composição por Justaposição: duas ou mais palavras primitivas se unem, sem a perda de nenhuma letra ou fonema, são postas juntas, com ou sem hífen, e formam uma nova palavra.
Exemplos.: guarda-chuva, girassol.

Composição por Aglutinação: parte dos elementos das palavras primitivas é perdido e elas se juntam , perdendo assim a "ideia" de composto.
Exemplo: planalto - plano + alto, fidalgo - filho + de + algo.

Composição por Hibridismo: união de elementos, sendo cada um vindo de um idioma diferente. Exemplos: automóvel -latim e grego, alcalóide - árabe e grego.

Estrangeirismo
O estrangeirismo é o processo que consiste em introduzir uma palavra de um idioma estrangeiro dentro do português. Pode receber nomes diferentes de acordo com o idioma de origem, como anglicismo (do inglês), galicismo (do francês), germanismo (do alemão) etc. Não são consideradas
estrangeirismos as palavras de origem latina, bem como as palavras brasileiras
de origem tupi. O estrangeirismo pode ser de duas categorias:

Com aportuguesamento: consiste em adaptar a grafia do idioma estrangeiro para o português. Exemplos: abajur (do francês "abat-jour"), algodão (do árabe
"al-qutun"), lanche (do inglês "lunch") etc.

Sem aportuguesamento: consiste em conservar a forma original da palavra. Exemplos: networking, mise-en-scène, pizza , e em textos formais deve ser escrita entre parênteses " ".

Acrônimo
O acrônimo, ou sigla, é uma forma de composição de palavras que consiste em juntar letras ou sílabas de outras palavras para dar origem a uma nova. Na maioria dos casos (mas nem sempre), o acrônimo serve para designar nomes próprios, não sendo, portanto, um processo tradicional de formação de palavras. Os acrônimos podem ser de duas categorias:

Silabáveis: formam efetivamente uma nova palavra, podendo ser
pronunciada de acordo com as normas do idioma. Exemplos: Infraero
(Infraestrutura Aeroportuária), USP (Universidade de São Paulo), Petrobrás
(Petróleo Brasileiro) etc.
Não silabáveis: não formam propriamente uma palavra, sendo constituídos apenas pelas iniciais das palavras, sendo necessária a pronúncia do nome de cada letra. Exemplos: FMI, MST, SPC, PT etc.

Onomatopéia
A onomatopéia é a palavra criada à partir do som que ela representa.
Exemplo: miau, cacarejar, zumbir.


Conteúdo do 4º bimestre da 1ª série do Ensino Médio - Plano de curso.

O artigo foi útil? Deixe um comentário ou uma sugestão ;)

9 comentários:

  1. é muito legal visitar esse saite

    ResponderExcluir
  2. tá excelente
    nem fazer sexo é melhor

    ResponderExcluir
  3. bem explicado, adorei.

    ResponderExcluir
  4. Foi muito importante acessar este site, encontrei assuntos que já conhecia, mas aqui está mais detalhado.

    ResponderExcluir
  5. Ótimo, mto. bem explicadinho. Continuem nos ajudando a melhorar no nosso português, é importante para a carreira e para a vida !!

    ResponderExcluir
  6. Sandra Coelho Bastos22 de abril de 2010 12:26

    Adorei o site o conteúdo é riquissímo não se preocupem com cmentários maldosos tenho lema comigo se o comentário foi maldoso é pq o trabalho foi bem feito pq quem tenta agradar a todos não agrada a ninguém adorei e quero receber em meu Email + novidades e exercícios

    ResponderExcluir
  7. a palavra alfabetizacao e composta por derivacao e composicao

    ResponderExcluir
  8. Execelente! preciva desta materia para um concurso que vou realizar, aqui encontrei tudo certinho!! ;)

    ResponderExcluir

Nem todo o material contido neste espaço foi produzido pela equipe do Blog. Grande parte do que está exposto aqui foi encontrado na internet, e está disponível a todos que têm acesso à web, dificultando assim a conferência da autoria.

O que fazemos é coletar e organizar material que já está publicado e público na web.

Caso você tenha conhecimento e comprovação sobre a autoria de algum material, nos comunique pelo e-mail simplesmenteportugues@gmail.com, para que possamos colocar a devida autoria. Não levaremos em consideração comentários anônimos.

- Deixe sua dúvida, sugestão ou colaboração.

- O espaço ainda está em construção, por isso, qualquer sugestão de melhoria ou correção é muito bem-vinda.

- Caso deseje ver suas atividades publicadas aqui, pode enviá-las para o e-mail: simplesmenteportugues@gmail.com

Blog Widget by LinkWithin