O Mistério da herança - texto para trabalhar a pontuação.

Esse texto é excelente para trabalhar pontuação em sala de aula de uma forma leve e divertida. Desperatá o interesse dos alunos.

Que tal aproveitar um texto que anda circulando pela internet, para realizar, em sala de aula, uma vivência lúdica e divertida sobre a importância da correta pontuação em um texto? Esta é mais uma proposta pedagógica , para enriquecer as atividades do professor de Produção Textual.

Este exercício apropria-se de um texto que tem circulado pela internet, como simples brincadeira. Na proposta pedagógica aqui criada, o objetivo é demonstrar aos alunos que uma vírgula, um ponto de interrogação ou um ponto final, corretamente empregados, podem, sim, fazer toda a diferença. É importante que o professor, na etapa inicial do exercício, relembre alguns aspectos principais da pontuação e os cuidados para os erros mais comuns devido ao seu emprego indevido. Outro aspecto importante a ser abordado: a importância da clareza no desenvolvimento de um texto.

Desenvolvimento:
1. Dividir a sala em quatro subgrupos (ou múltiplos de quatro, para salas maiores).

2. Entregar papel e caneta. No papel, para criar um certo “clima”, o professor pode desenhar uma moldura bem bonita, contendo dentro dela a palavra “Testamento” e o texto que será trabalhado.

3. Contar a história que dará origem ao exercício:

O Mistério da Herança

Um homem rico estava muito mal, agonizando. Dono de uma grande fortuna, não teve tempo de fazer o seu testamento. Lembrou, nos momentos finais, que precisava fazer isso. Pediu, então, papel e caneta. Só que, com a ansiedade em que estava para deixar tudo resolvido, acabou complicando ainda mais a situação, pois deixou um testamento sem nenhuma pontuação. Escreveu assim:

'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres.'
Morreu, antes de fazer a pontuação.

A quem deixava ele a fortuna? Eram quatro concorrentes. O objetivo deste exercício é que cada um dos grupos traga a fortuna para o seu lado. Ou seja, a partir de agora, cada um dos grupos agirá como se fossem os advogados dos herdeiros. O grupo 1 representará o sobrinho. O grupo 2 representará a irmã. O grupo 3 deverá fazer com que o padeiro herde a riqueza. E, finalmente, o grupo 4 deverá será responsável para a riqueza do falecido chegar apenas às mãos dos pobres.

Ao final do exercício, o professor divulgará como deveria ficar cada um dos textos.

Resposta:

1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito :
Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

3) O padeiro puxou a brasa pra sardinha dele:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

4) Então, chegaram os pobres da cidade. Espertos, fizeram esta interpretação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais ! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

21 comentários:

  1. Oi Raquel,
    Gostei do texto. Muito legal. Estou trabalhando com meus alunos justamente produção textual por causa da Olimpíada de Português.
    E tenho insistido muito na questão da pontuação, para que eles percebam a importância desta.
    Obrigado, por mais essa dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. nao enteeeeeeeeeeediiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii,naaaaaaaaaddddddddddddaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. vc nao entendeu nada porque e um jumento(a)

    ResponderExcluir
  4. Esse texto é sensacional. Adorei!!

    ResponderExcluir
  5. Ñ sei a resposta correta do testamento, vcs poderiam colocar.
    Mas quero dizer q o texto é ótimo para trabalhar!!!
    Continuem postando bons textos, pois precisamos ler para melhorarmos nossas metodologias.

    ResponderExcluir
  6. Olá Raquel,
    Amei esse texto. Trabalhei a leitura e interpretação.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom este texto.
    Vou trabalhar com a minha turma.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto, vou trabalhar com meus alunos.Muito obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  9. Hoje mesmo estivemos falando de pontuação e lembramos deste texto. Muito legal. É uma forma diverdtida de propor uma atividade. Vou trabalhar com os professores e alunos.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  10. olá!o texto é realmente muito bom! gostaria de saber se: é possivel trabalhar este texto com esta atividade como 4º ano?

    ResponderExcluir
  11. esse texto é o máximo kkk meus pekenos amaram e pra kem naum entendeu kkk meu filho compre o kit de burro kkkkk.

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto.....Vou trabalhar com meus alunos.....Obrigada pela dica...

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto, irei usar nas minhas turmas de 4 e 5 ano do fundamental. parabéns.

    ResponderExcluir
  14. Não sei como alguém pode dizer q não entendeu nada. Não deve ter o mínimo de escolaridade, um desses analfabetos funcionais...
    E há ainda quem peça a resposta certa do testamento (santa ignorância!). Será que não leu a parte em o narrador diz que o homem morreu antes de fazer a pontuação????!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Eu achei otimo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  16. Esse texto é narrativo ou informativo

    ResponderExcluir
  17. Qual é o assunto principal do texto? A herança? Ou a pontuação?

    ResponderExcluir
  18. A professora trabalhou este texto hoje com a gente! ♥

    ResponderExcluir
  19. adorei estou trabalhando isso na escola

    ResponderExcluir

Nem todo o material contido neste espaço foi produzido pela equipe do Blog. Grande parte do que está exposto aqui foi encontrado na internet, e está disponível a todos que têm acesso à web, dificultando assim a conferência da autoria.

O que fazemos é coletar e organizar material que já está publicado e público na web.

Caso você tenha conhecimento e comprovação sobre a autoria de algum material, nos comunique pelo e-mail simplesmenteportugues@gmail.com, para que possamos colocar a devida autoria. Não levaremos em consideração comentários anônimos.

- Deixe sua dúvida, sugestão ou colaboração.

- O espaço ainda está em construção, por isso, qualquer sugestão de melhoria ou correção é muito bem-vinda.

- Caso deseje ver suas atividades publicadas aqui, pode enviá-las para o e-mail: simplesmenteportugues@gmail.com

Blog Widget by LinkWithin